30 agosto 2018

Resenha: É Fácil Matar


"Neste livro, Luke Fitzwilliam é um policial aposentado que volta para a Inglaterra a fim de descansar. Seus planos imediatos são apostar nos cavalos, reencontrar velhos amigos e, acima de tudo, se divertir. Mas, ao pegar o trem de volta para Londres, uma velhinha senta ao seu lado e começa a contar uma história aparentemente sem pé nem cabeça, e que envolve vários assassinatos. A velhinha é a sra. Pinkerton, e Luke só lhe dá atenção porque ela lembra sua tia Mildred. Para a surpresa do ex-policial, a moradora de Wychwood-under-Ashe está indo a Londres com a intenção de denunciar à Scotland Yard uma série de crimes. Como se não bastasse, a velha senhora inglesa ainda prevê quem será o próximo morador da cidadezinha a morrer - o médico Humbleby. Após descer do trem, Luke não consegue esquecer o que ouviu. Qual não é seu espanto quando, um dia depois, lê no jornal que a sra. Pinkerton morreu atropelada. Além disso, Luke fica sabendo - em um intervalo pequeno de tempo - que o médico Humbleby também está morto. Para o ex-policial as coincidências são muitas para serem apenas coincidências . Decide, então, começar uma investigação por conta própria. Luke parte para Wychwood-under-Ashe em busca de um assassino que nem tem certeza se existe, pois todas as mortes parecem ter sido de causas naturais. Porém, em se tratando de mais uma história da dama do crime, é mais provável que a sra. Pinkerton esteja certa."
Sinopse do Skoob

~*~*~*~*~*~*~

Credo! Foi o que minha irmã disse quando viu o título do livro. E não adiantou muito explicar que é policial... fazer o que né?

É Fácil Matar é um livro da Agatha Christie, autora que amo e que vou ler todos os livros!
Como em todos os seus livros fiquei ansiosa para chegar ao fim e descobrir o mistério, resistir à tentação de dar uma espiada no fim é sempre uma tarefa difícil, mas nesse eu consegui me segurar \o/ e de quebra acertei o assassino! Acho que é o terceiro livro da Agatha Christie que acento o assassino =D, levando em consideração que já li mais de 20...

A edição que li é meio antiga, encontrei em um sebo por... R$ 2,90! Sebos são uma delícia de lugar ^-^. 

Na resenha passada eu falei sobre os personagens não serem muito bem descritos, neste também não, porem ele tem o diferencial "magnetismo". Você nem liga muito para descrição dos personagens se você estiver tentando desvendar um mistério e precisa prestar atenção a cada nova informação. 

Eu diria que os livros de Agatha Christie são como quebra cabeças: após ser apresentado ao mistério você precisa achar as peças e encaixa-las para desvendar o mistério, cada novo personagem, cada conversar tem uma pecinha que pode ajuda muito, ou simplesmente te confundir e desviar sua atenção.
Neste livro Luke é um policial aposentado, ele não é um detetive e nem era a área dele investigar mas ele fica tão intrigado com a morte da Sra. Pinkerton que decide checar por ele mesmo a história da senhorinha. Temos mistério, temos romance e pensei que ia ter a Miss Marple mas me enganei xD. Nesse livro ela não apareceu. 

Conforme ia lendo e as peças do quebra cabeças aparecendo, ia ficando cada vez melhor. Até que cheguei em uma parte e pensei "ah fulano, é você que matou todo mundo". Fique eufórica quando vi que acertei xD

Ler Agatha Christie é algo que sempre me satisfaz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Postagem em destaque

Dorama: MengFei Comes Across

Oiis fofis o/ Bem vindos com mais um post o/! Hoje vamos falar sobre um dorama chinês.  MengFei Comes Across é uma comédia de époc...

Atualizações do Instagram

google.com, pub-2229770814747508, DIRECT, f08c47fec0942fa0